terça-feira, junho 12, 2007

Baltic EVS Weekend II

Sábado passou-se com uns passeios pela cidade, vinho no parque, cerveja na esplanada... isto de comunicar mt com franceses acaba sempre em vinho de qualidade! Tartu é uma cidade bastante catita, com muita gente nova e gira... tem tanto de semelhante com Coimbra que até me assustou, mas... enfim
a noite foi passada bem ao estilo de acampamento de escuteiros! toda a gente sentada na relva, numa roda gigante, com uns quantos a tocarem guitarra e umas batucadas! havia vinho e vodka com fartura, zero de freaks, zero de birls... eu achei aquilo assim um pouco pobretanas, mas lá me entreti a falar com o povo!



foi uma cena calma, ideal para o povo se conhecer, trocar umas impressões sobre a vida no Báltico, etc.
no dia seguinte foi o caos, o delírio a confusão total!!! Arrumar tudo, limpar, despejar lixo, etc. Mas 30 pessoas fazem isso num instante e em menos de 3 horas o centro estava mais limpo do que quando o encontrámos!
Fomos para o centro, almoçar, descansar à sombra, mais umas voltas, mais uns finos... e achámos por bem que ao final da tarde era hora de nos fazermos à estrada, esticar o dedo e pedir boleia...
Éramos 4, três gajas e o Kê. A Julka e a Laura ficaram num lado e nós os dois noutro... Depois de termos estado numa festa onde NINGUÉM viajou sem ser à boleia (incluíndo os que vieram da Letónia e da Lituânia) não julgámos que fosse difícil arranjar boleia para fazer 200 km... Uma hora e meia depois de termos esticado o dedo um carro parou para levar a Julka e a Laura. e apesar de o condutor ir sozinho no carro só as levou às duas...
três horas e meia depois de termos começado a nossa saga eu e o Kê estávamos cansados, frustados, com fome... Três horas e meia à espera e nem um carro! Ele gozava comigo: "You are too dark, Lee". dizia que a culpa era minha porque sou demasiado morena e com o cabelo muito escuro... eu gozava com ele: "maybe if you take out that scarf in your head, someone will stop"! Ele lá tirou o lenço da cabeça, até trocou de calças!! de umas marroquinas mt largas para uns jeans normais... mas ninguém foi capaz de parar!! a verdade é que este povo não curto mesmo nada estrangeiros, muito menos aqueles que parecem mesmo estrangeiros... que é o nosso caso!!
Antes que fizesse quatro horas que estávamos na estrada decidimos voltar para o centro da cidade, apanhar um autocarro de volta para Tallinn... que vergionha e que frustração... mas eu ainda não desisti! este fim de semana vamos para Parnu, a capital de Verão da Estónia!! e adivinhem como vamos tentar fazer as viagens...

em desespero, mas sempre a sorrir... mesmo antes de desistir!

2 comentários:

Mexicano em horky disse...

nao da pah, estes gajos nao nos curtem!
Invejosos... humpf!

Ze_Porvinho disse...

Aaaaiiiiiiiiiiiiiiiiii... vinho no parque.... é o delírio!!!!!

Hic Hic Hurra