terça-feira, abril 03, 2007

a semana passada IV

No sábado tivemos uma tarde de gajas, ao sol!!
No início é muito bonito estar sempre rodeada de milhares de gente. Mas com o passar do tempo começa a dar-se mais valor aos momentos que se passam com poucas pessoas, com as que realmente gostamos! Então, eu a Julka e a Alice decidimos apanhar um solinho à esplanada e estava mesmo quente! Os meus óculos de sol foram um dos temas de conversa!


Eu e a Julka tínhamos almoçado em casa, mas a Alice não. Apetecia-lhe Sushi! Seja feita a sua vontade e aí vão as gajas a um dos muitos restaurantes japoneses cá do sítio. A risota pegada… se estono é díficil de perceber, então misturado com japonês é pior que uma versão zgrobe de chinês!!! Lá comemos uma pecinha ou duas cada uma, que não há guito para mais! Coitada da Alice que ficou cheia de fome na mesma! Mas como se fôssemos mesmo cheias do pastel decidimos ir às compras, que é como quem diz ver montras e experimentar trapos… porque comprar… nada! Quem tirou fotos foi a Alice, mas eu assim que as tiver ponho-as aqui, porque são hilariantes! É sempre bom fazer o papel de dolescentes e experimentar exactamente as cenas que nunca compraríamos!! Sim, refiro-me a dourados e lentejoulas!

Sim, em Tallinn as floristas têm bancas na rua, arranjos terríveis, mas um efeito engrançado!
De volta ao shops, comprámos coisas de gaja de tipo uma t-shirt, um lenço, cera depilatória, chocolates e vinho!!
Estes dois últimos itens foram para o jantar francês patrocinado pelos pais do Kêlig. Jaqueline e Michel revelaram-se duas personagens adoráveis, super comunicativos. E estavam tão contentes de ver o filho ao fim de 7 meses… também ficaram enchanté por nos conhecerem. Agora sabem que o filhote (de 26 anos) está em boas mãos para os restantes 3 meses do seu projecto.

Aí está a família Roger, mais a Julka, trés gentille fille!
O jantar foi à séria, literalmente à grande e à francesa!!! Para entrada umas torradas com fígado de ganso e compota de cebola!

Os pratos principais foram buff borginon que é como quem diz carne de vaca estufada em vinho com cenoura e bacon. E uma cena vegetariana cheiiiiinha de queijo e courgete!

Aí está a vista principal do meu prato! Estava brutal… quase tão bom como o jantar dos pais do Georgios!! Mas a melhor parte foi mesmo a sobremesa: alface e um monte de queijos franceses! O delírio!


O jantar foi o delírio nas bancadas! Os pais do Kelig são super animados, principalmente a mãe que depois de três copos de vinho não se calou mais! Em todas as fotos do jantar a senhora tem um sorriso nos lábios. Quando o jantar acabou foi a nossa vez de fazer um brilharete: uma grande caixa de bombons, chocolate estoniano! A senhora até ficou com os olhos molhados…
Ah! Quase me esquecia de contar que durante a sobremesa a Laiura teve uma reacção alérgica ao queijo de cabra! Ela é que me saiu uma rica chévre… Ela já sabia que era alérgica a quijo de cabra, mas nem por isso teve o cuidado de usar uma faca diferente par cortar os restantes queijos. Foi vê-la a espernear, a chorar, quase a sufocar! A Lena e Lesya levaram-na para a cozinha, o resto do povo nem se mexeu. Mas foi do pior explicar à mamã francesa que aquilo era só uma chamada de atenção! Passados uns 5 minutos quand fui à cozinha buscar não sei o quê, já a menina estava sorridente e a fumar um cigarro, como se nada fosse… como se não tivesse quase sufocado 5 minutos antes! Fez-me lembrar uma certa personagem que em tempos se cruzou no meu caminho! Quem adivinhar o nome do pássaro ganha um doce!

Depois de levar os pais a casa o Kêlig veio ter com a malta à praça principal da cidade, mas ninguém se decidiu onde quríamos ir e acabámos por nos separa em grupos. Eu, Julka, o Ben, a Katha e o seu irmão fomos para um lado, todo o resto foi para outro.
Como neste blog já me apercebi que tenho poucas fotos de uns certos franceses e muitas de uns outros aqui fica uma bela foto do Ben
Tirada no Stereo, um dos bares mais in de Tallinn. É todo branco (à excepção do marroquino que lá trabalha), tem umas mac’s espalhados pelo balcão e electro a bombar de uma maneira parva! Claro que para condizer com o bar Ben teve que por o meu boné, o lenço e o colar da Julka e ainda um belo penso higiénico colado nas calças! Estava bem bonito, sim senhor!!
Depois mudámos de bar, para irmos ter com o resto do pessoal que não curte o Stereo porque é muito branco! Quando lá cheguei deparei-me com um cenário… o que vale é que não estava bêbada, nem pouco mais ou menos, mas ainda tinha a minha vodka na carteira (sim, porque ir ao Stereo é muito bonito, mas só se pode beber sumo ou café, a menos que se leve algo de casa!). Bebi mais uns sumos e abalei!
Para saberem como foi o meu domingo basta relerem o post que fala do domingo passado…

2 comentários:

Ze_Porvinho disse...

Cara miss lee,

Continue assim, porque está no bom caminho vínico e afim.

Aproveito para, em nome de uma certa aldeia, lhe desejar, bem como a todos os que aqui se deslocam, uma SANTA PÁSCOA.

Do seu "amigo" dos copos, em terras lusitanas,
Hic Hic Hurra

Pestana disse...

Lol!!! Já sei! Como esquecer o Joselito?!

Aqui seguem os meus parabéns (muito) atrasados e um grande beijao!

Boas aventuras!