quarta-feira, fevereiro 07, 2007

a menos 19º...

Caros viajantes;

antes de mais, aqui fica mais uma vista do rasganço:

há mais exemplares como este no hi5 da Carina...
Ora, então, parece que, finalmente, arranjei casa. Catita, grande quarto com cama de casal, perto do centro, com uma estona e um turco (lol)!! Vamos ver como corre de burocracias (é como a estupidez das gaivotas!). Mas, se correr bem, no fim do mês, mudo-me.
Qual não é a minha surpresa quando, depois de ter ido ver este quarto, recebo um mail de uma amiga do Birls, a dizer que era o quarto dela... Eu explico: O Pedro tinha-me dado o contacto dela, na base do "Ah e tal, ela é estona pode ser que saiba de algum quarto para arrendar". Mandei-lhe um mail, ao que a gaja responde que não sabe de nada mas que vai ficar atenta... Entretanto, conheço outra estona (a sua companheira de casa), que me diz ter um quarto para arrendar, depois de Março. Lá vou ver quarto, gosto muito, quero mudar. Quando chego a casa e vejo o mail da amiga do Birls a dizer que era o quarto dela... enfim... Nem sei se me ria ou se me grize!!

Ontem tive mais um choque cultural, daqueles que batem forte. Na Estónia há escolas para russos e escolas para estonos!!! Ou seja, é possível a um estono (jovem que nasceu aqui e tem passaporte estono) não falar esta língua, porque os pais e restante família, são russos. Então as crianças são educadas como sendo russas, comem comida russa, e vão à escola russa, onde as matérias são leccionadas em russo... Sobre história e geografia eu nem quis saber... Mas, provavelmente, ensinam as russas e não as estonas! Eu não sei o que pensar... é-me muito difícil aceitar esta situação de segregação. Mas pior, é pensar que antes dos estonos discriminarem os russos, estes não se misturam por vontade própria! É surreal...

ora então, saí eu do trabalho com a cabeça "hecha en mierda", em direcção a Lasnamae. Não é costume haver jantares de voluntários durante a semana, mas pelo que percebi do telefonema do Christian ontem era dia!! "But why today??" perguntei-lhe eu!! E o jovem italiano responde-me, no seu inglês macarrónico: "Oh Lee, just... BEACUSE!!" Lindo!
Quando cheguei a Lasnamae percebi porque: há uma volunária (de França) nova! E como está cá uma amiga do Kelig's... há que fazer jantarada e beber uns canecos! Ora então a Laura (que também cá tem dois amigos, de visita) fez isto:

é uma espécie de batatas raladas com pão "amb tomàquet". A cena é muito boa, mas é a única coisa que a miúda sabe fazer... Tenho que começar a pôr as minhas garras de fora... Mas bacalhau aqui, parece que só freco... =/
Quando chegou à hora de sair, alguém se lembrou de verificar a temperatura antes: -19!!! Foi o nosso recorde aqui! Mas claro que os fracos não se aguentaram e acabámos por só sair eu, o Christian, o Kelig e a amiga... Na boa!! O Kelig levou-nos a um sítio que... como posso descrever??? É uma tasca refinada. Nem mesas tem, só te sentas ao balcão que partilhas com vários velhos. É barato como uma tasca, mas o empregado de balcão está vestido a rigor, todo de negro, com um crachá com o seu nome... E prepara as bebidas com um medidor e muita classe! Gosto deste sítio e do seu martini a um euro e pouco!
Saídos daqui, voltámos ao Levi'st onde encontrei o Luís com umas miúdas da minh aula de russo, mas um italiano que tínhamos conhecido na sexta à noite. Ainda conheci uns espanhóis e uns catalães! Esta cidade é pequena...

Assim foram estes dias... esta noite há festa Reggae, amanhã não sei, domingo aniversário do Luís... Haja fins de semana!!!

2 comentários:

morfeu disse...

FINALMENTE! um quarto!!


yupi

Lampimampi disse...

19 negativos por aqui também hoje à hroa de almoco!
=)