sexta-feira, fevereiro 23, 2007

@Sagadi

Lembram-se de como (quase) começou este blog? Com o pre-departure trainning course em Oeiras... Pois agora tive o on-arrival trainning course em Sagadi, cerca de 150 km a este de Tallinn. Foram cinco dias de acção, desporto, descoberta, emoção, sono, sauna, neve e gente boa!
Na primeira noite fomos Hike on the forest... que é como quem diz andámos 10 km na neve, rumo ao mar, sem luz nem um mapa adequado!!! Felizmente, havia chocolate, água e maçãs de sobra. Eu não acreditava que ia ser capaz de chegar ao fim, mas lá cheguei! Também não podia desistir porque isso implicaria risco para todo o grupo. Mas 4 horas a caminhar, na neve (já vos disse que é pior que areia), de mochila às costas, depois de um fim de semana de festa é duríííííísimo. No fim da caminhada tínhamos à nossa espera: sopa quentinha e gorda, um belo chá escaldante, tudo numa bela casinha de madeira =)

Pela manhã, antes de fazermos o caminho de volta, fomos ver o mar... ou o que resta dele, por debaixo do gelo. Foi demais por os pés em blocos de gelo salgado!! Estar na praia a nevar! Eu muitas vezes tenho comparado a neve à areia, mas neste caso foi mais substituir uma pela outra!!

Depois, fizemos o caminho de volta para o hotel, mais 5 quilómetro na neve. Desta vez, pela estrada, foi bem mais fácil!!

A semana foi toda marcada por grandes risadas, jogos e muita reflexão. Mas para mim foi sobretudo a semana da neve!!! Aprendi que as diversões do estonos implicam sempre alguma dor... senão, vejamos: caminhar na floresta cansa, molha os pés, gela os dedos, destroi o nariz... mas é fixe!!
Sauna é sufocante e rebolar na neve de seguida é de gritos! Mas faz super bem à pele, aos músculos, à circulação e estimula o riso e o convívio!!
ski... é do CCC, mas... se avaliarem pela quantidade de neve das minhas calças, facilmente, percebem que me fartei de cair... tenho umas cinco pisaduras... só nas pernas! Mas é brutal a sensação de descer uma colina em alta velocidade!
Safari na neve é brutal, lindo! Mas é cortante porque em vez de pó, levanta neve... Rappel também é fixe, mas a 24 metros do chão é muuuuuuito ventoso!!
enfim... não si porque estou práqui a escrever!!! palavras para quê??

durante a caminhada, na primeira noite: Elina (treinadora), Doro (Gr) e a Cete (SP). O Margus (sim, com "G" que o rapaz é estono!), que se vê pouco, estava a mostrar-nos um musgo... Enfim, a culpa ds cena dos desportos foi dele que é meio maluco!! Mas viveu um ano em África e consegue falar português, o que é uma grande coisa!!

dizia eu que fizemos o caminho de volta para o hotel. Se repararem à vossa esquerda tem uma placa onde diz Sagadi 5km... lá fomos nós!
Chegados ao hotel foi o ataque à comida!!! o Restaurante (bem como o resto do hotel) era bem catita, fancy, eu diria!!
Aí está uma amostra do que eram os quartos!! Muito fixes, mesmo! Nada que se compare à pousada de juventude de Oreias... não desfazendo, claro!

é bonito...
O dia que eu curti mais foi aquele em que fomos fazer um safari pela floresta de neve, depois visitámos umas minas e à tarde: desporto radicais!!

muito bom o safari, gostava de repetir. Mas desta feita num carro fechado!!!


no "meu" jipe iam Moos (HL) e a Doro (Gr), mais o Thomas, no banco da frente. Dei-me super bem com estas duas criaturas de 19 anos! Inteligentes e com grande sentido de humor! ALém disso, o Moss tb vive com a sua patroa o que me deu um certo alento. E o facto de eu estar para mudar de casa deu-lhe alento para fazer o mesmo!! Fixe!

o objectivo do safari era mostrar-nos, à superfície, um dos métodos que a Estónia usa para produzir energia: queimando uma pedra que contém óleo. Ou seja, os gajos têm as minas de onde sacam as pedras, através de explosões, e depois queima-nas, produzindo energia e estas montanhas de cinza...

Graças às explosões, milhões de litros cúbicos de água potável (subterânea) são contaminados com óleo, pelo que esta se torna não potável. "Pelo menos de acordo com os critérios da União Europeia", disse o guia!

eu e o Wart antes de entrarmos na mina. Aqui o belga é poliglota, a pessoa com a maior capacidade mimética (linguística) que conheci até hoje!! Adorava ser assim!

A Cete, na mina, a furar a parede! Dança Sevilhanas e tem um sorriso de fazer inveja. Demo-nos bem... não fôssemos mediterranean people e quase da mesma idade... O problema é que a rapariga não está a gostar muito da cidade onde desenvolve o seu projecto (Parnu). Ou talvez não seja um problema, porque assim, vai vir a Tallinn várias vezes =)

antes de virmos embora ainda tentámos fazer um boneco de neve... Mas a neve estava tão fofa, que foi impossível... Fizemos isto! Da vossa esquerda para a direita: Thomas, Doro, eu, Moos, Wart e Veronika. A Cete estava atrás da câmara!
Espero rever este povo muitas vezes, da mesma maneira que espero rever os Birls de Oeiras muitas vezes! Como disse uma holandesa que esteve uma vez em minha casa em Lisboa: "I am a people person". Me too =)

3 comentários:

Ze_Porvinho disse...

Cara miss lee,

Muito bonitas, as fotos... mas o preço da cerveja é que me deixou a sonhar acordado!!!!

Hic Hic Hurra

Lampimampi disse...

eh pah, eu estou bue fã da sauna.
axo k hoje ainda vou fazer uma. estou cansadito e apetece-me ir agorinha fazer um yoguita e depois meter-me na sauna um bocadito...
depois é comer e dormir

oh, que tal te dás com o ski?
eu no principio malhei a torto e a direito, mas agora até curto...
:P

beijocaaaaaaaaaaaaaaa

(gosto das tuas fotos)

Miss Lee disse...

achas??? cai umas trezentas veze, fiquei toda pisada... e agora a neve tá a derreter, por isso nao sei qd vou puder tentar de novo... eu tb gosto mt das tuas fotos!! :)