domingo, janeiro 21, 2007

um sabado de capoeira

de sexta para sábado dormi em casa dos outros voluntários... como fomos sair, ficava mais em conta apanharmos um táxi todos para o mesmo sítio. E assim foi! O único problema foi que a Lena me acordou às 10 da manhã, para acompanhá-la (mais a Helga) ao treino de Capoeira... sim, CAPOEIRA com um professor brasileiro, o Tôni!



Oh pah, nunca na vida eu imaginei que, neste frio, fosse encontrar um brasileiro. Muito menos a dar aulas de capoeira a esta gente!!! É assim, o Tôni não fala estono, nem russo, nem inglês; só portguês do Brasil! Ou seja, para os estonos e os russo aprenderem, só mesmo por mimesis... É lindo porque o gajo tá sempre a mandar vir com eles: "Isso num tá certo! Tem que jogá a perna! Esquiva, esquiva!"; e eles riem-se! Mas são bons a cumprir ordens, mesmo sem as perceber! Bem, mas se eu antes achava que para um português podia ser complicado aprender capoeira... Agora tenho q certeza que não é!! =) Para esta malta daqui, sem salero nenhum é que pode ser complicado... "A Capoeira tá muito atrasada, aqui na Estônia", diz-me o Tôni!



e pronto, como todo o bom brasileiro, convidou-me logo para uma festa brasileira, dia 2. This is the closest I get from home... parece-me. O único problema é que a falar com o Tôni, parece que tou numa novela brasileira, porque se não falar como ele, o cara num vai me intender!!! Nóssa Sinhóra! Mas é fixe! Só o facto de chegar e puder dar dois beijinhos, torna tudo mais confortável!!

no domingo fui a outra aula de capoeira, noutro sítio, como o gajo que introduziu a modalidade na Estónia. Tinha que perceber porquê. Então, o Lauro, do Recife, explicou-me que conhece uma voluntária da Estónia no Brasil, apaixonou-se e casaram. O Lauro já está na Estónia há dois anos, tem uma menina de 16 meses (super parecida com a mãe, mas com a cor do pai e cabelo preto!!) e a mulher está grávida de novo!! É a velha história do sonho europeu e da insegurança no Brasil... "Tem muito ladrão, sabe? Mais o pior, num é o de carteira. É o ladrão pulítico!!" Ok, mensagem captada.

"Pô, tu tem que vir nessa festa e no batizado! Agente tem que ensinar pá eles cumo si divertir!! Vai ter muita caipirinha, mulher sambando e muita sem vergonhice!" Oh pá... só me dá para rir! O gajo tem alto sotaque nordestino! até para mim é difícil perceber! E depois como é que traduzo isto para as amigas estona e ucraniana... risota pegada, enfim!
Mas a ideia da caipirinha agrada-me! e puder falar português, entender tudo o que me dizem, poder brincar... É lindo! acho que me vou juntar a este treinos!!



(nas fotos podem ver a Lena de cinza e cabelo preto, curto; e a Olga (agora já sei que se lê correctamente ORGA!!!), de preto, muito loura!)

1 comentário:

Ze_Porvinho disse...

CAIPIRINHA?????

MULHER SAMBANDO??????

SEM VERGONHICE?????

Bem me parecia pelas imagens que isso não era Tallin, mas sim Porto Seguro, no Brasil! E agora confirmei as suspeitas, qual Inspector Serôdio de um certo blog meio amalucado que uns tipos um certo dia decidiram criar para se divertirem, embora sem caipirinha, sem mulher sambando e recuso-me a escrever a parte da sem-vergonhice...

Hic Hic Hurra